Band: Datena é acusado de assédio sexual por repórter

José Luiz Datena está sendo processado por Bruna Drews, ex-repórter do “Brasil Urgente”, da Band, por assédio sexual.
A jornalista, de 35 anos de idade, já abriu uma representação protocolada no Ministério Público de São Paulo (SP) afirmando que o veterano teria lhe dito que ela não precisava emagrecer porque já “era muito gostosa”, além de ter lhe contado que teria se masturbado diversas pensando nela e que achava “um desperdício” a profissional “namorar uma mulher”.

De acordo com o site “Notícias da TV”, no dia 7 de junho de 2018, a equipe do quadro “A Fuga”, do extinto “Agora É Com Datena”, estava comemorando em um bar na região central da capital paulista quando Bruna foi abordada pelo comunicador, que teria dito tais afirmações acima.
Drews teria tomado a decisão de processar o apresentador só agora, pois teve uma grave crise de depressão e pânico, que a fez entrar em licença médica. A profissional também está movendo ação trabalhista contra a Band. Segundo ela, a emissora teria sido conivente com as supostas atitudes de Datena.
O jornalista, por sua vez, negou as acusações e disse que está tomando medidas judiciais sobre o caso. “Na comemoração, repeti a ela que ela era muito bonita e que não precisava emagrecer, porque ela já era competente. Tirando isso, todo o resto é mentira, calúnia e delírio”, disse ele à publicação.
Via: Catrata Livre


Postar um comentário

0 Comentários