Após demissão sem aviso prévio, médico atende pacientes na calçada

Rodrigo Ferreira Gomes, 31 anos, é médico e trabalhava há mais de seis anos no Hospital Maternidade João Ferreira Gomes, em Itapajé, Ceará. Entretanto, na última quinta-feira (25), para sua surpresa, quando chegou ao trabalho, descobriu que estava demitido sem aviso prévio e, mais: já havia outro profissional substituto no seu lugar. Acontece que os pacientes do Dr.Rodrigo, como é conhecido entre a população, já o aguardavam para consulta. O que ele fez? Decidiu atender todo mundo na calçada, no meio da rua!
O gesto de humildade e respeito aos seus pacientes chamou atenção de quem passava pelo local. Para ele, a decisão foi instantânea. “Meus pacientes estavam me esperando e eu avisei para eles que tinham me demitido, mas que aguardassem pois eu ia atender a todos. Voltei em casa e peguei uma mesa e cadeira“, contou.

Segundo relato de alguns moradores, a demissão ocorreu com a mudança da direção clínica da unidade hospitalar e muito provavelmente envolve questões políticas. Para o médico, o diretor administrativo do hospital não soube informar o motivo do outro profissional ter sido chamado para substituí-lo. “Eu me sinto indignado pela falta de respeitoporque como já havia boatos de bodes expiatórios, eles deviam ter avisado com antecedência. Eles colocaram outro médico lá, que disse ter sido escalado para o plantão”, disse, decepcionado.
Diante do ocorrido, a população não aceitou a decisão tomada pela nova gestão do hospital e pede o retorno das atividades profissionais do médico.

Postar um comentário

0 Comentários