Supremo mantém proibição de entrada de refugiados nos EUA

Decisão representa revés para 24 mil pessoas com solicitações já aprovadas e suspende decisão de Corte de Apelações de San Francisco. Análise final sobre veto a viajantes de seis países está prevista para 10 de outubro.

Postar um comentário

0 Comentários