Delegado Resende compra briga dos professores e aprovados no concurso e propõe audiência pública

O vereador de Carpina Delegado Resende, sensibilizou-se com a causa dos professores do município e com os aprovados no concurso público da prefeitura e resolveu comprar essa briga.
Resende enviou para Câmara de Vereadores, mais dois requerimentos de audiência pública de duas situações delicadas: O primeiro trata-se do Pó de Giz, tendo em vista que faz tempo que os professores vem demonstrando sua insatisfação e reclamando que não recebe o adicional, e também por não receber o piso salarial. Desta forma, Resende que também é professor do curso de direito em universidades, entre elas, a FACHUCA, resolveu entrar na guerra em prol da categoria. Ainda segundo o vereador, havia um descontentamento da classe pelo fato de nenhum parlamentar nessa legislatura, não ter se interessado em defender a categoria dos professores do município, assim sendo, Resende chamou a responsabilidade para si em favor da causa.
O segundo requerimento, trata-se da situação dos aprovados no concurso público da Prefeitura de Carpina, pauta que o delegado já fez referências no programa “Carpina Online”, reunindo-se com os candidatos aprovados, onde na oportunidade, foi prometido que levaria a discussão para toda sociedade carpinense. “O momento é de lutar pela nomeação dos aprovados, e quanto aos professores, informo a todos que também sou filho de professora e também sou professor, logo entendo, que tem que haver um reconhecimento da carreira”, disse o vereador.
O parlamentar disse ainda que vem sofrendo retaliações  e está sendo atacado por  outros vereadores que de uma hora pra outra, viraram oposição e que segundo ele, não tem nenhum requerimento proposto em prol da sociedade, nem tampouco, não tem nenhum projeto de lei protocolado até o momento.
O delegado é o campeão em proposições legislativas,  tais como:  requerimentos de auditorias no IPMC, auditoria na Secretaria de Saúde de Carpina, auditoria nas contas do município, audiência pública para discutir a segurança pública, projetos de Resolução e de Leis, como por exemplo, o projeto de Vídeo Monitoramento, projeto Ficha Limpa Municipal, Ponto Eletrônico com Biometria para evitar funcionários fantasmas no município e Painel de Led com receitas e despesas em tempo real.
Os requerimentos do vereador para audiência pública, será julgado no dia 7 de fevereiro deste ano,  na Câmara de Vereadores de Carpina.  A sociedade civil está se organizando para comparecer a mais esse importante debate, requerido pelo Delegado Resende.
Pernambuco Conectado

Postar um comentário

0 Comentários